Machado

A cidade tem fama de abrigar boas escolas na área de Ciências Agrárias. Os cursos técnicos da antiga Escola Agrotécnica Federal possibilitaram aos jovens da região obter uma profissão ou um passaporte para o ingresso num curso universitário. E para isso, do outro lado da cidade, havia o curso de Agronomia da Esacma (Escola Superior de Agricultura e Ciências de Machado).

O tempo passou e as opções aumentaram. Em 2008, a Escola Técnica foi incorporada pelo então recém-criado IFSuldeminas (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais), que passou a ministrar também cursos de nível superior. No campus Machado são oferecidos quatro cursos de bacharelado, dois de licenciatura e dois de tecnologia, além de cursos técnicos.

A Esacma, que foi incorporada junto com outra instituição ao Cesep (Centro Superior de Ensino e Pesquisa de Machado), continua oferecendo o curso famoso e vários outros. Ao todo, são quinze opções de graduação.

E nesse fértil terreno educacional, desde 1998, existe a Fumesc (Fundação Machadense de Ensino Superior e Comunicação), que oferece, entre outros, o curso de Gestão Pública, um dos poucos no sul de Minas.

Com pouco mais de 40 mil habitantes, Machado é uma cidade com forte tradição agrária e cultural. É considerada a capital mundial do café orgânico e é também palco da concorrida Festa de São Benedito, que acontece há mais de cem anos, geralmente em agosto, reúne congadas da cidade e da região e atrai público de todo o sul de Minas.

Foto: Ascom/Prefeitura de Machado

Veja também

Baependi

Alfenas

Campanha